Dieta LOW CARB – O que é, Como Fazer, Benefícios e Alertas

Olá!

Hoje vamos ver nesse vídeo, o que Rodrigo Polesso, do Emagrecer de Vez, vai falar pra nós sobre dieta  low carb.

Rodrigo Polesso é o defensor das verdades sobre emagrecimento, sobre nutrição, sobre estilo de vida saudável e hoje quero falar com você sobre a tão famosa, agora no momento, dieta low carb –  a dieta do baixo carboidrato – você pode se perguntar: Rodrigo, você vai falar de dieta? Bom se você acompanha meu trabalho, já você sabe que não defendo é dieta, eu defendo estilo de vida. Mas vou falar mais estilo de vida no final deste vídeo. Até lá, eu acho que você merece saber um pouco mais sobre as verdades, o que é  essa dieta Low Carb e a maneira correta de fazer. Quais benefícios, os alertas que você precisa ter em mente.

Primeiro definição: O  que é dieta Low Carb significa: baixo carboidrato. Baixo carboidrato, comparado com o que a gente faz hoje. Existem três macronutrientes de verdade: proteína, gordura e carboidrato. Hoje, na dieta normal ocidental, a gente come muito carboidrato, a maior parte das calorias na alimentação vem de carboidrato.  Então, a dieta Low Carb, faz o com que você reduza a quantidade que você come de carboidrato. Perceba: reduza e não zere a quantidade.  De forma que ela não seja mais a maior parte da sua alimentação, por isso se chama de baixo carboidrato. Agora a definição do que é baixo carboidrato varia muito de acordo com a filosofia  que a pessoa tem, profissional etc. Não existe um livro universal do Low Carb. Algumas pessoas acham que o Low Carb é quando você come menos de 100 gramas de carboidratos por dia, outros 50 gramas, depende. A questão é que ele não é mais o macronutriente predominante da sua dieta.

E já os primeiros erros que a maioria das pessoas cometem quando estão se alimentando, tentando fazer Low Carb é realmente, não dar importância ao tipo de alimento que ela está comendo, a qualidade do alimento. Ela imagina que só por ser low carb, esse alimento saudável, o que é uma falsa idéia. Na verdade a base da alimentação Low Carb,  assim como da Paleo ou da alimentação forte que eu falo é realmente alimentos de verdade, seja Low carb, seja Paleo ou seja alimentação forte, que abrange tudo isso. A idéia é que você se baseie a sua alimentação, pelo menos a grande maioria dos alimentos que você come em alimentos de verdade, não em toxinas, não em processados, não em refinados, não em açucarados,  não modificados certo? E precisa estar entendido desde o começo.

Agora,  o que é engraçado é ver tanta gente preocupada por aí: será que a dieta Low Carb é saudável? E vou te falar mais sobre isso agora.  Quando a gente pensa em dieta, a gente pode falar o seguinte: será que uma alimentação que é baseada em alimentos de verdade,em carnes com gorduras boas, legumes, folhas de qualidade, só com alimentação de foco nos alimentos, peixes. E é reduzida em refinados, em processados, açucarados e modificados.  Será que uma alimentação dessa é saudável? Isso passa a ser uma pergunta meio besta é óbvio que é saudável mas claro, que quando a gente usa o rótulo e põe dieta no nome, sempre levanta a bandeira vermelha: será que é saudável mesmo?Afinal a grande maioria das filosofias por aí estão simplesmente erradas. E como você sabe, eu não gosto de contar com achismo. Eu gosto de contar com a boa ciência nutricional. E a pergunta agora é será que a ciência já testou a  filosofia da dieta Low Carb contra a filosofia corrente da dieta Low Fat, que é baixo em gordura, que é recomendada pela grande maioria dos profissionais por aí. A resposta é sim. A ciência já testou isso e agora vou compartilhar com você o resultado disso. Mas antes só vamos fechar esse assunto do será que é saudável uma alimentação assim? Imagine o seguinte:  será que esses alimentos aqui são tóxicos para o nosso corpo e os alimentos que sempre existiram na natureza (peixes, carnes, frutas, verduras) ou será que esses outros alimentos aqui criados pela madrasta indústria (lanches, fritas, fast foods) que são saudáveis e estão ajudando a gente quando a gente? Quando a gente compara esses alimentos de verdade (carnes, peixes etc) aqui com esses alimentos (fast foods)  eu acho que não  fica muita dúvida nossa cabeça, quais são os mais saudáveis, pelo menos não deveria ficar dúvida.

    

 

 

 

Agora falando da ciência que prometi pra você: sim, já testaram  cientificamente e compararam a idéia de uma dieta mais baixa em carboidrato com uma dieta Low Fat – baixo em gordura e mais rica em carboidratos,  uma dieta rica em grãos integrais, como eu disse, como a maioria dos profissionais acredita ser mais saudável por aí. Já compararam isso, mas não foi uma vez, nem duas vezes,  nem cinco vezes,  nem dez vezes. Na verdade 29 vezes se compararam essas duas dietas. Ensaios clínicos randomizados, de qualidade que é o Gold Stander, é o nível maior de qualidade em estudos científicos hoje. Ou seja, fizeram 29 estudos significativos, comparando uma filosofia mais baixo em carboidrato com uma mais baixa em gorduras,29 vezes. E adivinha qual foi o resultado? 29 a 0. É  isso mesmo. Toda vez que se comparou a dieta, não a Dieta mas a filosofia low carb ganhou da filosofia de baixa gordura. Isso testado em alto nível de evidência científica. Imagine se fosse um jogo de futebol e que o time ganhasse de 29 a 0, é uma matada! E isso é a ciência que comprovou,  então acho que não tem dúvida nenhuma que do que é saudável que a dieta mais reduzido em carboidrato é benéfica tanto para perder peso, quanto para  melhorias de marcadores de saúde e também síndrome metabólica.

E agora uma coisa interessante pensar porque dieta Low Carb é tão benéfica, principalmente para pessoas que estão acima do peso ou com problemas metabólicos? É porque a gente vive numa era de intoxicação por carboidratos. A gente  vive num mundo de extremo excesso de consumo de carboidratos gente come uma dieta, hoje em dia, extremamente exagerada em carboidratos. Então, desenvolvemos resistência à insulina, por exemplo, como resultado desse excesso de açúcar e carboidratos etc. Então, a gente, quando resolve esse aspecto, a gente reduz a quantidade, dessa dessa carga de consumo de carboidrato, nosso corpo tende a nos dar os benefícios. Só quando a gente conserta essa causa do problema, a gente começa a perder peso, começa a se sentir  melhor, os marcadores de saúde começam a melhorar também. Então é basicamente por isso que as pessoas têm tanto resultado hoje em dia, porque a gente vive numa época de intoxicação de excesso de carboidrato. Então quando a gente reduzir isso e melhora a qualidade da alimentação, a gente quase imediatamente, já vê resultados benéficos.

Inclusive quando você olha os gráficos, por exemplo de estatística de obesidade, por exemplo esse gráfico aqui: dos estados unidos e você vê exatamente o seguinte, que todo esse aumento exagerado no  número de obesos,  de obesidade e também outras doenças graves, como diabetes etc. Eles coincidem com o ponto de virada nas diretrizes alimentares, nesse caso, americanas.

O que aconteceu? pode ver que nesse gráfico, tem um ponto de inflexão, em um ponto que chegou que o gráfico deu um salto e começou a aumentar muito o número de obesos, relativo até o número de obesos, não só absoluto. O que aconteceu? Exatamente nessa época, foi quando o Estados Unidos, pela primeira vez, chegou ao público, a população inteira e falou assim: essas são as diretrizes alimentares oficiais americanas! E adivinha o quê elas propõem, elas propõem uma alimentação baixa em gorduras e alto em que carboidratos, ou seja, é o exato oposto da dieta Low Carb e a gente vê no que deu né? Saltou os níveis de obesidade, de diabetes e obesidade mórbida, de câncer e alzheimer, de autismo. Um monte de coisa piorou e tá piorando ainda. Então, é óbvio, que o que a gente está fazendo hoje não está funcionando. E agora, bem recentemente, eu fui na conferência de quatro dias na Califórnia em San Diego chamada Low Carb USA,  onde muitos palestrantes passaram os dias lá, compartilhando os melhores achados, a ciência, a opinião deles e o Dr. Andreas Eenfeldt, sueco, ele compartilhou os seguintes números, que é interessante pensar também nesse aspecto e estatística. Nos Estados Unidos em 1985, o máximo de obesidade nos estados mais gordos era de 10%, hoje somente 30 anos depois é de 35 por cento. Mais que triplicou o número de obesidade em menos de três décadas ou em três décadas né. Em 1985 tinham 30 milhões de diabéticos no mundo e 2016 tem 422 milhões de diabéticos no mundo. E a projeção para 2040 é de 642 milhões de diabéticos no mundo. Imagina que absurdo! Antigamente, diabetes era uma doença rara. Não é uma doença muito antiga não, existe há pouco tempo. Considerando a idade e a evolução da medicina e da humanidade. Antigamente, era inexistente a diabetes em crianças, por exemplo. Até o nome diabetes, era uma diabetes que acontece em adultos, não existia em crianças. Hoje é comum, achar em crianças. Então, é óbvio, que nosso estilo de vida de hoje está colaborando para tudo isso. Não há dúvidas, as provas estão em todos os lugares. Então a gente vê no gráfico que a partir daquele momento saltou o número de obesidade, em estatística, nos Estados Unidos. E não só nos Estados Unidos, como no mundo inteiro, porque o mundo inteiro, tende a copiar um pouco que os países fazem, principalmente os Estados Unidos e o Brasil não é exceção. Então o que aconteceu nesse período aí: Será que as pessoas começaram a comer mais carne ou menos carnes, e as pessoas começaram a comer mais manteiga ou menos manteiga, margarina né: Será que as pessoas começaram a comer mais banha de porco ou menos banha de porco: Mais sal ou menos sal: Mais açúcar ou menos açúcar: Mais farináceos e grãos integrais ou menos:

Exato! As pessoas seguiram as diretrizes alimentares. As pessoas foram bem boazinhas as boas alunas né e começaram a seguir as diretrizes que o governo passou, ou seja diminuindo o consumo de gordura, comendo menos carne, menos colesterol, menos gordura e aumentando o consumo de açúcares, carboidratos refinados, grãos integrais, óleos vegetais etc e diminuindo o consumo de gorduras boas, como manteiga, banha de porco e o que aconteceu: Está aí no gráfico!

Agora novamente vamos trazer a foto aqui e da alimentação saudável. Será que essa mesma alimentação, baseada em alimentos de verdade, criados pela mãe natureza que está causando os problemas ou será que são esses alimentos refinados, industrializados, criados pela madrasta indústria, que está causando todos os problemas: Eu acho que a resposta é óbvia ou pelo menos deveria ser óbvio né! E outra coisa chocante também: desde quando que abrir uma pessoa cirurgicamente e desviá lo o intestino dela ou ainda reduzir o tamanho do estômago à faca é algo natural: Em que ponto chegamos, que as pessoas vão fazendo isso, abrindo e dilacerando o corpo, ao invés de cuidar, de ajustar o estilo de vida alimentar. Como que isso é normal:  e e comer esses alimentos aqui reais (saudáveis) não é normal: Então,vamos lá! A pergunta que não quer calar é,  até porque você deve ter concordado, viu que a ciência mostra aí, e conclusivamente que a filosofia Low Carb é melhor que a low fat,  então você deve estar perguntando: então como fazer Low Carb:

Primeiramente, a minha resposta é a seguinte:  fazer low carb, não como dieta mas como estilo de vida. Como você ajustar seu estilo de vida, para que você possa perder o peso que quer perder e manter ele para sempre. E isso não se faz com dieta! É que nem macaco, pulando de galho em galho, pessoas pulando dieta em dieta, sempre tentando algo novo, não. Por que não, adaptar e criar um estilo de vida saudável para você: É isso que defendo. Como falei no começo do vídeo, eu defendo um estilo de vida. E estilo de vida é aquilo que você vive para sempre! E precisa ser bom, saudável, saboroso, flexível e dinâmico, tudo que uma dieta não é: sofrível, temporário,  não dá resultado, é tudo coisa ruim. Basicamente a filosofia da alimentação Low Carb é você diminuir a quantidade de carboidratos que você come, tirando os refinados, processados e açúcares e substituindo eles por legumes, folhas, carboidratos de baixo índice glicêmico e aumentando o consumo de proteína de qualidade e gordura de qualidade. É basicamente essa a filosofia, é muito simples! Só que, apesar de ser simples, muita gente acaba tentando começar e cometendo erros muito comuns, acabando não tendo resultado, acabam sofrendo, porque realmente, tentar fazer as coisas sem entender mais sobre isso, sem pesquisar mais a fundo, não se enganar com a simplicidade e de fato aprender o que é, para poder fazer corretamente e obter os resultados que quer. Então existem muitas estratégias e dicas técnicas, que podem ajudar uma pessoa que quer começar a fazer isso, a fazer de forma correta. E teu e objetivo é de  emagrecimento, eu acho que é a estratégia mais poderosa para emagrecer. De acordo com o que a ciência mostra conclusivamente, é a prática de uma dieta mais low carb, mais baixa em carboidrato. Só que feita de forma correta. Então são três os grandes pilares de uma estratégia ou da estratégia mais poderosa emagrecimento hoje, de acordo com que a ciência comprova, que são basicamente: a alimentação que é a filosofia alimentar que eu divulgo,  e no caso emagrecimento, é uma alimentação forte mais otimizada em carboidratos, mais reduzido em carboidratos de forma correta. Depois, segundo pilar é o que é a prática correta e incremental e estratégica de um protocolo de jejum intermitente no seu dia a dia de forma correta, depois da aplicação da alimentação forte. E por último, na verdade, é densidade nutricional. É focar nos alimentos estratégicos que tem mais densidade nutricional porque me satisfazem melhor, eles satisfazem mais, colaboram mais para fortalecer sua saúde, que mantém mais saciado também.  Porque tem um grande mito, as pessoas acham e dizem que precisa emagrecer para ficar saudável. Não! Você precisa ficar saudável para emagrecer. Por isso que o foco inicial, precisa ser a alimentação forte e a densidade nutricional, depois a implementação estratégica e correta do jejum intermitente, que esta estratégia é, na minha opinião e da ciência ede profissionais que fazem isso também,  como doutor Jason Funk,que entrevistei recentemente  no Canadá, essa é mais poderosa estratégia de emagrecimento saudável. E não é por nada que essa estratégia, em 3 parte é justamente a base, é o código alimentar do meu programa Código Emagrecer de Vez que eu falo aqui e basicamente em todo o vídeo. É porque realmente funciona. então se você tem interesse em seguir esse processo, não gastar muito tempo, talvez aprendendo, lendo, se capacitando por aí e quer seguir algo que já é testado e dá resultado nas pessoas, comprovadamente. Passo a passo, é um programa de três fases, baseado exatamente nesses três pontos que eu falei. Você pode ver mais sobre ele acessando o codigoemagrecerdevez.com.br acho que vai gostar do que vai ver lá e pode obter talvez, os melhores resultados que você já viu na sua vida de emagrecimento, porque a gente aplica à ciência e não achismo pra você obtê-los.

Então isso aí, espero ter ficado claro para você o que é dieta Low Carb. Resumindo: dieta low carb, baixa em carboidratos, não Zero em carboidratos, baixa, ou seja você retira açúcares, bebidas adoçadas, refinados, processados, sim o pãozinho significa isso também. E você prioriza carnes, peixes gordos de qualidade, você reduz bastante os industrializados que eu chamo de substâncias comestíveis e começa a priorizar uma alimentação de verdade, uma alimentação forte. É basicamente isso, em essência! É saudável, não é saudável: Sim é muito saudável, porque a ciência já testou e continua testando até agora. Foram 29 ensaios clínicos randomizados significantes, que compararam as dietas dieta baixa em carboidratos com a dieta baixa em gorduras de hoje,  e a vitória foi até vergonhosa, na verdade é tão fácil que foi vitória por 29 a 0. 29 estudos mostraram benefícios maiores na dieta baixa em carboidratos. Então é saudável,  é baseada em alimentos de verdade e basicamente não tem muita contra indicação, pelo que vejo aí. Mas sempre lembre-se antes se você aplicar, modificar o estilo de vida saudável, eu sempre sugiro que você acha um profissional competente pra te guiar e te ajudar né afinal na saúde a coisa mais importante que a gente tem na nossa vida na verdade isso é isso é servir tinha sido útil para você se esse canal se você não conseguiu ainda espalha essa mensagem muita gente pode se beneficiar e novamente se você quer emagrecer de forma correta eu sugiro que você fortemente que você acesse agora esse link http:/codigoemagrecerdevez.com.br/  e que a sua vida possa se transformar daqui pra frente um grande abraço a você.

 https://www.youtube.com/watch?time_continue=338&v=SLY44MXK85o

Obrigado pelo seu tempo. Até mais!

Poderá ver o vídeo no youtube Aqui

Fechar Menu